Passeios Guiados e Roteiros de Viagem

A Basílica Papal de São Paulo Extramuros

A Basílica Papal de São Paulo Extramuros, localizada em Roma, é um dos mais importantes e antigos templos da cristandade. Construída sobre o túmulo de São Paulo, a basílica é um monumento de imenso valor histórico, artístico e religioso.

Fundada pelo imperador Constantino no século IV, passou por diversas reformas e reconstruções ao longo dos séculos, especialmente após o devastador incêndio de 1823.

Hoje, a basílica não apenas preserva a memória de São Paulo, um dos principais apóstolos de Jesus Cristo, mas também serve como um testemunho vivo da fé e da resiliência da Igreja Católica.

Talvez por ficar em um bairro residencial um pouco mais afastado do centro, a Basílica Papal de São Paulo Extramuros seja a menos visitada das quatro basílicas papais romanas.

Ela é a maior basílica papal (ou patriarcal) depois daquela dedicada a São Pedro, no Vaticano.

Se quiser conhecê-la, saiba que o bairro San Paolo é facil e rapidamente alcançável com a linha B do metrô, e fica somente quatro estações após o Coliseu.

Leia também:

As origens da Basílica de São Paulo Extramuros

São Pedro e São Paulo são os santos padroeiros de Roma, cuja celebração e feriado se dá no dia 29 de Junho. Reza a tradição cristã que ambos os apóstolos morreram e foram sepultados em Roma no dia 29 de junho de 67 d.C..

Sabe-se que Paulo foi sepultado em uma necrópole cristã na Via Ostiense, uma das antigas estradas romanas, já existente na era pré-cristã e que, apesar das mudanças no traçado, ainda encontra-se presente nos dias atuais. Seu túmulo logo virou um lugar de veneração pelos primeiros cristãos romanos.

basílica de são paulo
A Porta Santa que abre para o Jubileu

Sendo contínua meta de peregrinos vindo de todos os cantos, já no Séc. VI d.C. o local esteve sob os cuidados dos monges beneditinos e com o primeiro Jubileu da história (em 1300) a visita à sepultura do apóstolo aumentou ainda mais.

Um dos tetos mais lindos, entre os vários tetos lindos aos quais estamos acostumados aqui na Itália. Fiquei boquiaberta.

A basílica teve uma construção que levou muitos séculos, fazendo jus ao dito popular “obra de igreja”: iniciou no séc III d.C. e foi dada por completamente construída por volta de 1724.

Quase um século depois, em 1823, a igreja foi parcialmente destruída devido a um grande incêndio e sua primeira consagração deu-se em 1840.

Leia mais:

são paulo extramuros
Acima das colunas há medalhões com desenhos/fotos de todos os papas, desde os primórdios do papado.

Assim como se dá com o túmulo de São Pedro no Vaticano, acredita-se que o altar-maior da igreja conserve as relíquias do túmulo de São Paulo.

O claustro dos monges beneditinos

Há mais de 10 anos morei no bairro Marconi, que fica ao lado do Bairro San Paolo, portanto, algumas vezes fui a pé para a Basílica. Na minha primeira visita fiquei impressionada com a beleza do claustro dos monges beneditinos.

Fui durante a primavera e o jardim estava cheio de roseiras floridas. Esse ano voltei no final do inverno, e os jardineiros ainda estavam preparando a terra para plantar as roseiras. O mosteiro é do séc XII.

Achados das escavações arqueológicas

Na saída da basílica, logo após ter visitado o claustro, há um pequeno museu com todo o tipo de objetos encontrados durante as escavações feitas na basílica ao longo dos séculos e em época recente. Há sempre tesouros inestimáveis no solo de Roma.

Na basílica também há um bookshop com vários tipos de lembrancinhas, livros, etc. a um preço bem abordável.

Basílica de São Paulo Extramuros

Endereço: Piazzale San Paolo 1, bairro San Paolo.

Metrô mais próximo (bem pertinho!): parada San Paolo, linha B (a mesma que passa no Coliseu)

Site: http://www.basilicasanpaolo.org/

Mais dicas de Roma para a sua viagem:

Índice

Passeios Guiados em ROMA

EXPLORE ROMA COM PASSEIOS GUIADOS EM PORTUGUÊS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!